sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

"A Carteira", de Machado de Assis


Honório, Advogado, perdeu uma causa e com ele parte do seu prestígio, vem endividando-se, seja para auxiliar parentes ou para satisfazer caprichos de sua esposa, D. Amélia, com bailes, jantares, roupas, porém esconde da família e dos amigos sua situação financeira. 

Por obra do acaso ou do destino, encontra um carteira na rua...percebe que a carteira está recheada de dinheiro, mas não tem coragem de abrí-la para contar a quantia, e, quando consegue abrir a referida carteira e contar a quantia, vê ali a oportunidade de pagar suas dívidas, mas eis que ocorre uma luta em sua consciência, entre utilizar o dinheiro ou devolver ao dono, que fica sabendo tratar-se de seu amigo Gustavo, após encontrar vários cartões de visita na carteira. Volta para casa e encontra seu amigo, pergunta-lhe se não sentiu falta de nada, ele responde...no final só tenho a dizer que se ele soubesse teria rapado a carteira do amigo!


 Para ler on line:
"A Carteira", de Machado de Assis